Creluz

Traduzir Página

terça-feira, 25 de junho de 2019

Audiência pública define estratégia para conclusão da ponte


Na manhã da última terça 25, aconteceu na sede da Fundaluz em Pinhal, uma importante audiência pública com o objetivo de definir estratégias para a conclusão da obra de construção da ponte sobre o Rio da Várzea, ligando os municípios de Rodeio Bonito e Liberato Salzano e aproximando as regiões de Erechim e Frederico Westphalen.

O evento foi promovido em conjunto pela Amzop, Grupo Creluz e os municípios ribeirinhos (Rodeio Bonito e Liberato Salzano) e contou com grande presença de autoridades, lideranças e a população em geral, que será a grande beneficiada por esta importante obra.

A ponte representa um investimento superior a R$ 6 milhões e necessitava de um aditivo para ser finalizada, recurso este que foi negado pelo Governo Federal. Então são necessários R$ 522 mil para a obra ser concluída e entregue a região. Esse montante será dividido entre os municípios e o Grupo Creluz.

Na atualidade, os municípios de Rodeio Bonito e Liberato Salzano estão isolados, já que a balsa que fazia a travessia pelo Rio da Várzea foi interditada em definitivo pela Marinha do Brasil, fato este, que agrava ainda mais a situação e torna a decisão de concluir esta obra ainda mais importante.
Ainda durante a audiência pública as autoridades lançaram uma estimativa que a obra deverá ser concluída em no máximo 90 dias. O presidente do Grupo Creluz, Elemar Battisti, fez uma apresentação de todo o histórico da ponte, desde o nascimento da iniciativa como ponte barragem até o estágio atual.

Além do projeto para sua construção e os levantamentos hidrológicos, geológicos e ambientais, a Cooperativa também está doando para os municípios de Rodeio Bonito e Liberato Salzano 61,5 mil metros quadrados de área, onde serão abertos os acessos para a ponte.

“Acreditamos que estamos dando uma importante contribuição para o desenvolvimento regional, fruto de uma grande união entre municípios e Cooperativa, esta é uma das mais importantes obras dos últimos tempos para o norte gaúcho”, resume Battisti.

O presidente da Amzop, prefeito de Ametista do Sul, Gilmar das Silva, salientou que este modelo de audiência pública poderá inclusive ser adotado pela Amzop para solucionar outras demandas e necessidades da região.

O presidente eleito da Famurs, prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Russomano Freire, também participou do evento, além de várias lideranças e autoridades regionais e estaduais, também estiveram presentes os Conselhos de Administração, Ética e Fiscal do Grupo Creluz, além da auditoria externa da Dickel & Mapffi.(Fonte: Edevaldo Stacke/Ascom Creluz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário