Creluz

Traduzir Página

Vídeo You Tube

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Holanda cultiva primeira banana sem usar terra

Um trabalho realizado pelo laboratório do cientista Gert Kema, na Holanda, conseguiu cultivar a primeira variedade de banana sem utilizar terra. Kema conseguiu sua colheita sem o uso da terra, na tentativa de combater um dos grandes inimigos das plantações de banana, a chamada "doença do Panamá", causada por um fungo que é transmitido no solo.

A doença "é uma ameaça à produção mundial de banana", disse ele ao BBC Mundo Kema, que também é professor de patologia de plantas tropicais da Universidade de Wageningen, na Holanda. "Então o que fizemos foi tirar a banana do chão. E as plantas cresceram muito bem com a aplicação de nutrientes”, comenta.

Kema cultivou 60 bananeiras em estufas e, em vez de terra, ele usou dois tipos de substratos, fibra de coco, que foi obtida a partir da casca de coco e mineral ou lã de rocha, que são fibras obtidas de rocha de basalto. Desta forma, o pesquisador evitou a presença do fungo causador da doença do Panamá. "Não se trata de bananas hidropônicas porque as raízes não estão em uma solução baseada na água. Adicionamos nutrientes através da irrigação por grânulos", indica.

De acordo com ele, cultivar bananas em um ambiente artificial permite controlar todos os aspectos do processo e evita a perda de nutrientes."É um exemplo de agricultura de precisão, que permite criar uma separação maior entre as plantas para que elas recebam mais luz e amadureçam mais rapidamente", indica.

Segundo a Universidade de Wageningen, as bananas são um alimento essencial na dieta de cerca de 400 milhões de pessoas no mundo. E até agora não foi possível conter a expansão da doença do Panamá ou da fusariose da banana, que afeta principalmente países da Ásia e da África. Fonte: Agrolink)

Nenhum comentário:

Postar um comentário