Ministério recomenda isolamento de duas semanas a pessoas com sintomas de gripe


O Ministério da Saúde emitiu recomendação de isolamento domiciliar de duas semanas, a partir de agora, a pessoas com gripe ou sintomas da doença familiares delas e moradores da mesma casa. A orientação vale para estados e cidades onde há transmissão comunitária do coronavírus. É o caso de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
Idosos devem também cumprir um período de isolamento. “Orientação é que idosos só saiam de casa para atividades fundamentais, como ir à farmácia ou comparar alimentos. Se não conseguem, as comunidades devem se organizar para isso”, afirmou o secretário de Atenção Primária à Saúde do MS, Erno Harzheim.
O secretário acrescentou que isso é mais eficaz do que fechamento de escolas, comércios e outros estabelecimentos, medidas que vêm sendo adotadas por diversos governos estaduais como forma de evitar a disseminação do vírus.

Recomendação pode virar determinação 

Os médicos serão orientados a fornecer atestados a pessoas com sintomas e aos familiares. Assim, elas poderão permanecer no isolamento em casa durante esse período de duas semanas.
De acordo com Mandetta, a intenção é que, nesta primeira semana, a diretriz seja uma recomendação. Contudo, é possível que ela evolua para uma determinação, caso seja necessário diante da ausência de cumprimento pelas pessoas.
Outra orientação do Ministério da Saúde é de que as pessoas procurem os postos de saúde caso manifestem gripe ou sintomas leves, e não os hospitais ou unidades de urgência. Um novo protocolo para os postos de saúde vai ser divulgado.

Comentários