Estiagem deve persistir no outono


A chegada do outono, que começou a 0h50min desta sexta-feira, deve manter a estiagem no Estado. A estação, que normalmente marca a transição do calor para o frio, dessa vez não será sinônimo de diminuição das altas temperaturas. 
No entanto, ao decorrer do outono, a tendência é de resfriamento gradual do Pacífico, e há possibilidade de La Niña no segundo semestre. No entanto, ainda não há previsão correta por conta da ausência de consenso entre os dados. 
Os dias quentes, que normalmente seguem acontecendo ainda em abril e maio, devem ocorrer também em junho. A expectativa da MetSul Meteorologia é de um outono com temperaturas agradáveis, inclusive acima da média histórica para a estação. 
A chuva deverá ser abaixo da média. A estação será marcada por precipitações irregulares. No entanto, os volumes tendem a aumentar um pouco a medida que for se aproximando o inverno. Assim, não é possível prever, ao menos em curto prazo, reversão rápida do quadro de estiagem vivido pelo Rio Grande do Sul. (Correio do Povo)

Comentários