Homem morre durante testes da tirolesa em Iraí



Um acidente durante os testes da tirolesa em Iraí ocasionou a morte de um homem, por volta das 17 horas de terça-feira, 7, em Iraí. A informação foi confirmada pela Polícia Civil (PC). A vítima é Sandro Marcos da Silva, empresário, engenheiro e proprietário da empresa Projeto Aventura, que construiu a tirolesa.
Paraquedista há 30 anos, Silva estava em Iraí realizando cursos para os funcionários que atuariam na operação da estrutura. Ele se dispôs a fazer uma exibição para demonstração no momento do acidente, quando acabou colidindo em uma residência.
As causas ainda são desconhecidas, mas como o cabo não foi danificado há suspeita de falha no equipamento do profissional. A perícia e a PC investigam o caso.
O espaço, que seria inaugurado no próximo final de semana, teve a colocação dos cabos e demais equipamentos finalizada no sábado, 4. A tirolesa de Iraí tem 1,6 mil metros de extensão e deve ser uma das maiores já instaladas em um perímetro urbano no Brasil.(O Alto Uruguai)

Comentários