Argentina é esquecida pelo marido em posto de Entre-Ijuís



Uma mulher foi deixada em um posto de combustíveis no km 497 da BR 285, no final da madrugada desta quinta-feira, em Entre-Ijuís. Ela, de origem argentina, havia ido ao banheiro e ao retornar não viu mais o Peugeot da família. Um frentista alertou, então, por volta das 4h45min, a Polícia Rodoviária Federal, cujo posto fica no km 461 da rodovia. O veículo foi abordado em torno das 5h, mas o condutor negou que tivesse esquecido alguém.
“O fato mais inusitado é que na primeira abordagem ele afirmou que não tinha esquecido ninguém. Meia hora depois ele voltou dizendo que realmente havia esquecido”, recordou um policial rodoviário federal à reportagem do Correio do Povo. A mulher foi então buscada no local onde havia ficado. A família, com quatro pessoas, seguiu viagem para Santa Catarina.

Histórico de esquecimentos

Não é a primeira vez que isso acontece. Em janeiro de 2016, uma argentina também foi abandonada sem querer pelo marido distraído em um posto de combustíveis na BR 285, em Passo Fundo. O homem deu falta dela cerca de 100 quilômetros depois. Em fevereiro do mesmo ano, a esposa foi buscar ajuda para o carro da família e foi esquecida pelo marido em um posto de combustíveis na BR 290, em Alegrete. Ele foi localizado já em Uruguaiana.
Nem os filhos escapam do esquecimento. Em março de 2018, duas filhas de um casal de argentinos ficaram sozinhas em um posto de combustíveis na BR 116, em Canoas. A PRF abrigou as duas até os pais serem encontrados horas depois.
Em março de 2016, um casal de argentinos parou em um posto de combustíveis na BR 290, em Eldorado do Sul, e prosseguiu a viagem sem perceber que a filha não havia embarcado no veículo. A jovem foi levada por uma outra família de argentinos até o posto da PRF que emitiu um alerta. Depois de 45 minutos, o casal retornou e a buscou. Em dezembro de 2016, a filha de um casal igualmente foi esquecida em um posto de combustíveis na área central de Santana do Livramento, durante viagem de férias.
Amigos também já foram abandonados. Em fevereiro de 2018, um jovem foi encontrado pela PRF caminhando pela BR 290, em Alegrete. O rapaz foi deixado na beira da estrada quando houve revezamento entre dois amigos dele para continuar dirigindo o carro. Ele já havia caminhado mais de dez quilômetros pela rodovia em busca de ajuda na escuridão. (Fonte: Rádio  Guaíba)

Comentários