Creluz

Traduzir Página

Vídeo You Tube

quarta-feira, 13 de março de 2019

Comentário de internauta em reportagem provoca ação do Ministério Público



O Ministério Público de Concórdia confirmou a abertura de um inquérito policial contra o autor de comentários preconceituosos feitos pela internet após a publicação de uma reportagem sobre a morte de um morador de Concórdia de nacionalidade africana em um acidente de trânsito na RS 135, no último sábado(9), em Erebango. 
O caso foi encaminhado à Promotoria Pública através de diversas denúncias. O acidente ocorreu no final de semana na região de Erechim/RS. No entendimento do Ministério Público, o autor das manifestações deverá responder devido aos comentários e induzimento ao preconceito.
Segundo a promotoria, o Ministério Público de Concórdia também tem a função de coibir e punir o ódio de forma a possibilitar uma vida pacífica e respeitosa em sociedade.
Após a publicação da reportagem na rede social da rádio Atual FM (facebook) relatando a morte do condutor do carro – que morava em Concórdia há alguns anos – um perfil particular já identificado pelo Ministério Público fez diversos comentários preconceituosos. Agora, com o encaminhamento a Polícia Civil irá realizar todos os levantamentos visando localizar o autor do comentários ofensivos.
Abaixo o comunicado feito pelo MPSC

“Considerando os recentes comentários de cunho preconceituosos expostos em rede social (em relação à vítima de acidente de trânsito ocorrido no final de semana), o Ministério Público de Concórdia, na sua função de coibir e punir o ódio, de forma a possibilitar uma vida pacífica e respeitosa em sociedade, informa à comunidade de Concórdia que requisitou na data de hoje a abertura de inquérito policial contra o autor dos comentários, por induzimento ao preconceito. Na oportunidade, o Ministério Público foi acionado por usuários da rede social, que solicitaram intervenção das autoridades.”
Corpo de jovem africano será sepultado nesta quinta-feira
Será sepultado nesta quinta-feira, dia 14, o corpo do motorista – morador de Concórdia – vítima de acidente de trânsito entre Erechim e Getúlio Vargas na ERS-135. A empresa em que o jovem de nacionalidade Africana trabalhava – Raiol Vidros – divulgou uma nota confirmando que familiares estão em deslocamento de Gana na África para Concórdia onde irão acompanhar os atos fúnebres. 
O corpo de Hack Unas Owusu está no Instituto Médico Legal de Concórdia. A tragédia ocorreu no sábado, dia 9, enquanto ele se deslocava para Passo Fundo/RS onde iria visitar amigos. A suspeita é de que o carro em que ele estava aquaplanou atingido o veículo que fazia o sentido contrário.
A direção da empresa Raiol Vidros disse que está prestando solidariedade e apoio aos familiares na vinda para o Brasil. O velório irá ocorrer no velatório municipal em horário que ainda será definido.
Hack Unas Owusu estava morando em Concórdia há alguns anos. (Fonte: AUOnline)

Nenhum comentário:

Postar um comentário