Creluz

Traduzir Página

Vídeo You Tube

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Barragem de usina hidrelétrica se rompe em Taió, no Alto Vale do Itajaí




A barragem de uma usina particular se rompeu no interior de Taió, no Alto Vale do Itajaí, por volta do meio-dia desta sábado. O Corpo de Bombeiros de Rio do Sul e a Defesa Civil informaram que ninguém se feriu, mas danos materiais foram registrados em uma casa e benfeitorias do terreno.
Em nota, a Defesa Civil afirma que canal de concreto que faz o desvio de parte da água do Rio Itajaí do Oeste para a PCH Rudolf Heidrich rompeu, a água invadiu uma propriedade causando danos às benfeitorias e uma residência.

Os moradores conseguiram sair a tempo sem lesões. A água baixou rapidamente e a Defesa Civil Municipal ofereceu ajuda aos moradores, que recusaram, segundo o órgão do governo do Estado.
O coordenador regional da Defesa Civil estevei no local verificando a situação. A Secretaria de Estado da Defesa Civil irá tomar as medidas cabíveis, dentre elas comunicar à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) órgão responsável pela fiscalização de estruturas de produção de energia.
Equipes no local
Equipes dos bombeiros e da Defesa Civil estão na pequena central hidrelétrica que fica na localidade de Passo Manso, na comunidade de Ribeirão das Pedras, mais de 10 quilômetros distante do Centro de Taió. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a região é de difícil acesso e a comunicação com as equipes no local é complicada.
Ainda de acordo com a corporação, aparentemente a empresa Heidrich & Heidrich Ltda, dona da central hidrelétrica, estava fazendo testes na barragem quando aconteceu o rompimento do canal de água da estrutura. Inicialmente, acredita-se que os danos não tenham sido graves.
À tarde, a empresa Heidrich & Heidrich Ltda divulgou uma nota oficial em que lamenta o incidente com o canal adutor da usina, informa que está com equipe de trabalhos no local, diz que a propriedade de apenas uma família foi atingida e promete investigar as causas do ocorrido e prestar assistência aos atingidos.
O primeiro atendimento foi feito pela Defesa Civil. Três bombeiros deslocaram-se à hidrelétrica em um barco.
A seguir, a íntegra da nota assinada pela diretoria da empresa:
“A Heidrich & Heidrich Ltda informa que lamenta o incidente havido com o canal adutor da usina, na Localidade de Passo Manso.
Informa que está com equipe de trabalhos no local para apoio e atenção à família, cuja propriedade foi alagada.
O proprietário da empresa esteve no local e, em conversa com um representante da família, disponibilizou toda a logística necessária para atendimentos imediatos, inclusive, convidou toda a família, caso deseje, a hospedar-se em hotel na cidade, até que os serviços de limpeza se completem. Nas mesmas tratativas, o empresário agendou, para próxima segunda, reunião com o representante familiar para tratar da reparação dos danos.
A Heidrich informa ainda, que já constituiu equipe multidisciplinar, envolvendo especialistas da engenharia civil e ambiental, para levantamentos dos danos causados, das razões do incidente e das providências cabíveis e, que se colocou a disposição da Defesa Civil de Taió". (Fonte: NSCTotal/ Foto: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário