Novo balanço aponta 429 mortos devido ao tsunami na Indonésia

As equipes de resgate tentavam levar ajuda nesta terça-feira às regiões devastadas pelo tsunami provocado por uma erupção vulcânica na Indonésia, mas a falta de água potável e de medicamentos complica a missão e afeta milhares de pessoas refugiadas em centros de emergência. Os trabalhadores humanitários alertaram para os riscos de crise sanitária, enquanto o balanço atualizado do desastre superou 400 mortos.

O tsunami atingiu no sábado à noite o litoral do Estreito de Sunda, que separa as ilhas de Sumatra e Java, e deixou pelo menos 429 mortos, mais de 1.485 feridos e 154 desparecidos, de acordo com o balanço mais recente da Agência Nacional de Gestão de Catástrofes. Mais de 5.000 pessoas estão desabrigadas.

Os especialistas alertaram que existe um forte risco de novas ondas mortais em consequência da atividade vulcânica. A onda provocada pelo vulcão conhecido como o "filho" do lendário Krakatoa, o Anak Krakatoa, destruiu centenas de edifícios nas costas meridionais de Sumatra e no extremo oeste de Java. Muitos refugiados temem retornar para suas casas. (Fonte:Correio do Povo )

Comentários