Morte de cãozinho revolta a comunidade

Às vésperas do Natal, um homem que churrasqueava no Parque Zamperetti chutou e depois deu com o cabo da faca na coluna desse cãozinho e acabou matou-o. Tudo porque o animalzinho se aproximou do cachorrinho de sua família. Ele teria segurado o pescoço do animal com o pé (contra o chão) para desferir as pauladas. O fato teve testemunhas, a Brigada foi chamada e registrou ocorrência que deve virar inquérito.

“Que faz isso com animalzinho
pode atacar criança”, diz vereadora
Conforme a vereadora e veterinária Eva Müller, o “Juliano”, há anos morava no próprio parque, com o zelador e se ele tivesse ligado de imediato para ela, talvez tivesse sido salvo. O ato “animalesco” revoltou a comunidade, pois “Juliano” era muito querido pelas crianças,  conforme relatos do zelador e de sua esposa. “Ele gostava até de posar para fotos com as crianças”, disse uma senhora. 

Revolta e protestos
“Isso nos revolta porque tanto que lutamos pelos animas e aí esse senhor, num ato gratuito, pratica essa violência. Quem faz isso com animalzinho indefeso pode atacar crianças ou qualquer outra pessoa”, disse a ambientalista, alertando que haverá protestos da sociedade protetora dos animais no sábado, 29, às 16h. Eva disse ainda que acompanhará o processo para garantir que esse caso não fique impune. (Fonte: Nova Pauta)

Comentários