Cachorro morde ouriço e é ferido com centenas de espinhos em Seberi

 A clínica “Amor Animal” de Seberi, atendeu esta semana, através dos Médicos Veterinários: Julli Anne Pompeo Queiroz e Fernando Alieve, dois cachorros que tiveram contato com “ouriço”.

Os espinhos, com suas minúsculas farpas tornam a extração difícil e dolorosa, por isso, é indicado retirá-los o mais rápido possível.
A orientação dos profissionais é de que o ideal é de que o animal seja atendido por um veterinário e sedado...

Nos casos mais simples, quando os espinhos são poucos e não afetarem o interior da boca, qualquer um, que tenha afinidade com o animal, pode fazer a remoção com uso de uma pinça ou alicate.

Quanto mais breve for o socorro, menores as consequências, evita-se que o local inche e inflame facilitando a retirada. Embora os espinhos não sejam venenosos, um animal que não receba socorro, caso atinja a boca, pode impedi-lo de comer e beber podendo levar até ao óbito.

A Clínica Animal de Seberi, embora já tenha iniciado suas atividades tem sua inauguração marcada para o dia 20 de janeiro.(Luiz Queiroz)


Comentários