Presídio de Palmeiras das Missões já tem empresa selecionada para execução das obras, após avaliação de documentos



Na última quinta-feira (01), foram abertos os envelopes de habilitação e propostas orçamentárias de empresas interessadas na execução das obras de ampliação e construção de muro de segurança do Presídio Estadual de Palmeiras das Missões.  

As empresas que participaram da seleção foram a Construtora Hauch Ltda, a Tettosul Engenharia Ltda e a Objetiva Arquitetura, Construções e Incorporações Ltda. 

Após análise da documentação e das propostas apresentadas, restou selecionada, com o menor preço, a empresa Tettosul Engenharia Ltda., com proposta de R$506.475,84.

A próxima fase será a contratação, pelo Conselho da Comunidade de Palmeira das Missões, da empresa selecionada e o encaminhamento da documentação ao juiz da Vara de Execuções Criminais da Comarca.

Para o administrador do Presídio, Odacir Balbinot, ao agradecer os envolvidos, “trata-se de mais um passo dado para um projeto essencial na construção da nova galeria, o que dará mais segurança no trabalho e, sem dúvida, promoverá mais humanização da pena”.

A reunião, que aconteceu na sede Promotoria de Justiça de Palmeira das Missões, contou com a presença do presidente do Conselho da Comunidade, Alisson Massing, cuja entidade é responsável pelo recebimento e aplicação das verbas do Fundo das Penas Alternativas da Comarca de Palmeiras das Missões,  do  administrador do Presídio, Odacir Balbinot, do Supervisor do Setor de Licitações e Compras do Município, Haroldo Schneider, de representantes das empresas interessadas  e do Promotor de Justiça  Marcos Eduardo Rauber, que acompanhou os trabalhos, formalizando termo da audiência para instruir Procedimento Administrativo permanente, em tramitação na Promotoria local.

Comentários