Advogado que atuou no caso Bernardo representará mãe de Rafael


O advogado Jean Severo, que atuou na defesa de  Edelvânia Wirganovicz, um dos réus no caso de Bernardo Boldrini já trabalha na defesa de Alexandra Dougokenski, acusada de matar o próprio filho Rafael Winques, em Planalto, no último dia 15. 

Severo disse à imprensa que Alexandra mostra-se muito abalada e disse que nunca teve a intenção de matar. O defensor afirma que vai atuar firmemente para demonstrar o que ocorreu realmente e que “este foi um homicídio culposo, ou seja, que não teve a intenção de matar.

A mãe disse à Polícia que ao medicar Rafael com o medicamento Diazepan queria combater a ansiedade do menino. O laudo do Instituto-Geral de Perícias (IGP) aponta que a morte ocorreu por estrangulamento. (Correio do Povo)


Comentários