Passa de 100 o número de cidades afetadas pela estiagem no RS


Imagem: Divulgação


O mais recente relatório da Defesa Civil, divulgado nesta sexta-feira, aponta que 101 cidades registraram, no último mês, prejuízos por conta da falta de chuva no Rio Grande do Sul. Destas, 86 possuem o decreto de situação de emergência. As demais, apesar de não terem decreto, estão cadastradas no sistema da entidade com registro de danos nas regiões urbanas e rurais. Ainda segundo o levantamento da Defesa Civil, três municípios não deram o prosseguimento no cadastro: Itaara, Jóia e Tapera.

Em nota, o órgão alertou que a estiagem no Estado também deve ocorrer durante o mês de fevereiro, tendo o "retorno organizado da chuva" apenas a partir do mês de março. As chuvas dos últimas dias, segundo a Defesa Civil, trouxeram melhoras, mas não alteraram a situação de estiagem do Estado.

As regiões mais afetadas foram Vale do Rio Pardo, Centro-Serra, Central e Costa Doce. A Defesa Civil distribuiu reservatórios móveis para as comunidades mais afetadas com a falta de chuva. No total, 23 cidades já foram beneficiadas com o empréstimo 36 unidades de Viniliq Pipa, com capacidade de 4,5 mil litros cada. Na manhã de quarta-feira, foi realizada uma reunião do grupo de trabalho que estão avaliando os efeitos da estiagem e prestando suporte técnico aos municípios e comunidades atingidas. (Correio do Povo)

Comentários