Creluz

Traduzir Página

terça-feira, 19 de março de 2019

Outono chega com declínio da temperatura



Que o calor está acima do normal neste verão não há dúvida. O desenvolvimento de um fenômeno El Niño no Oceano Pacífico nos últimos meses favoreceu manhãs e tardes mais quentes.

Mas o calor, assim como o verão, está com os dias contados: a estação muda para o outono nesta quarta-feira (20) às 18h58min (hora de Brasília. Fonte: IAG/USP) e uma massa de ar mais frio deve derrubar as temperaturas. Porém, esse fato tem mais a ver com coincidência do que com o término do verão.

O horário da mudança da estação tem a ver com a astronomia. Nesta data, os dois hemisférios da Terra recebem a mesma quantidade de energia vinda do sol (momento chamado de equinócio). Além disso, em 20 de março, o dia e a noite têm 12 horas de duração em todos os pontos do globo.

Curiosidade
Os períodos próximos dos equinócios (outono e primavera) também registram as maiores marés do ano, pois além da atração gravitacional da Lua, ocorre a maior atração gravitacional por parte do Sol.

Temperatura diminui a partir de quinta-feira
Já a massa de ar mais frio começa a avançar a partir da quarta-feira pela Argentina e Uruguai. Neste dia já esfria bem na Campanha gaúcha, mas é na quinta-feira (21) que o frio aumenta. São esperadas temperaturas mínimas na faixa dos 9ºC a 12ºC no Rio Grande do Sul pela manhã, sendo que na fronteira com o Uruguai este valor é menor e o dia já será o mais frio do ano até o momento nesta área. Durante a tarde, a máxima mal passa dos 20ºC em grande parte da Região Sul, ainda com bastante umidade.

Na sexta-feira (22), o frio da manhã se espalha mais pela Região Sul e são esperados valores na faixa dos 5ºC no alto da Serra Geral entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Durante a tarde, a temperatura despenca também no Sudeste e mal passa dos 22ºC no sul e leste de São Paulo e sul de Minas Gerais. Entre o planalto sul do Paraná e a Serra Catarinense a tarde também segue fria.

Fim de semana
No decorrer do fim de semana o frio da manhã diminui, mas a amplitude térmica aumenta no Sul e Sudeste: ou seja, as manhãs seguem com temperaturas amenas e a temperatura máxima sobe gradualmente durante as tardes. (Fonte: Tempo Agora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário