Saída de médicos cubanos pode deixar 92 municípios do RS sem atendimento básico

 Foto: Karina Zambrana
O Rio Grande do Sul é o estado brasileiro que irá mais sofrer com a saída dos cubanos do programa Mais Médicos, conforme o levantamento feito pelo Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems).

 Segundo a entidade, 92 municípios gaúchos ficarão sem o atendimento básico na rede pública nas Equipes de Saúde da Família.

Ao todo são 285 cidades em 19 estados do Brasil que estarão desassistidas com a saída dos cubanos.

Algumas cidades de nossa região que serão afetadas:


- Boa Vista das Missões

- Cristal do Sul

- Dois Irmãos das Missões. (Fonte: Correio do Povo)


Comentários