Médicos cubanos deixam o RS e região Metropolitana é a mais afetada

Desde esta terça-feira, profissionais cubanos do programa Mais Médicos não estão atendendo em 290 cidades gaúchas. 

Com isso, muitos postos de saúde estão sem atendimento ou reduziram o número de consultas. De acordo com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul, a saída dos cubanos deixa 2 milhões de gaúchos desassistidos. (Fonte: Correio do Povo)

Comentários