Acusado de matar filha após deixar cadeia segue foragido em São Paulo

A polícia paulista continua à procura do caseiro  de 28 anos acusado de matar a filha pouco depois de sair da cadeia. Letícia Tanzi Lucas, de 13 anos, foi assassinada a facadas em São Roque, no interior de São Paulo, porque teria denunciado o pai pelo crime de estupro. Até o início da tarde desta quinta-feira, o suspeito continuava foragido. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) esclareceu que a Polícia Civil realiza diligências para localizá-lo. Foi solicitada medida protetiva para a mãe da garota, "também agredida pelo caseiro".

A menina teria sido morta na madrugada desta quarta-feira, porque se negou a retirar a queixa de estupro feita em junho deste ano contra o pai. O acusado já havia cumprido pena por violentar a cunhada de 20 anos que tem problemas mentais. O crime ocorreu em 2012, mas demorou para ser denunciado e não houve flagrante.(Fonte: Correio do Povo)

Comentários