Fonoaudiólogo é investigado por abusar de aluna de Apae

Com apoio de agentes de Rodeio Bonito, a Polícia Civil de Ametista do Sul prendeu, na tarde desta quinta-feira (09/08), 2 homens acusados de estupro.

Segundo informações o homem, de 47 anos, é um fonoaudiólogo investigado pelo crime de estupro de vulnerável, tendo como vítima uma aluna da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). "O crime ocorreu em 2016. Na ocasião, o preso era fonoaudiólogo da associação e teria abusado da vítima excepcional, que era sua paciente", disse a delegada responsável pela apuração do caso, Aline Dequi Palma.

O segundo preso, de 39 anos, é suspeito de estuprar a enteada. O crime ocorreu em julho deste ano. "A vítima, de 14 anos, realizou a denúncia contra o preso, que já possuía antecedentes pela prática de estupro de vulnerável", completou Aline. (Fonte: Cristiane Luza/Folha do Noroeste)

Comentários