Agosto deve ter frio intenso e chuva acima da média no Rio Grande do Sul

Foto: Delonice Barbosa
Para quem não gosta de chuva, talvez agosto venha a ser mesmo o mês do desgosto. Depois de um julho chuvoso, em que foram registrados 26 dias com precipitações no Rio Grande do Sul, os meteorologistas apontam que agosto também deve ter chuvas frequentes e volumosas, com acumulados que podem ficar até 100mm acima da média no norte e no leste do Estado.  

De acordo com a Somar Meteorologia, a chuva virá em pelo menos três episódios duradouros — a última semana do mês será mais seca. Apenas o extremo Sul terá chuva abaixo da média. Além disso, os modelos climáticos indicam que o Estado deve ser atingido por três ondas de frio nos primeiros 10 dias de agosto e por outras duas na metade do mês. 


A queda da temperatura já poderá ser sentida nesta quarta-feira (1º). Segundo a Somar, o primeiro dia de agosto deve amanhecer gelado no Rio Grande do Sul. A chegada de uma massa de ar polar deve levar os termômetros a 0°C na Campanha e na Fronteira Oeste
Em Uruguaiana e Quaraí, onde são esperadas as menores temperaturas do dia, há risco de geada  e sensação térmica negativa pela manhã. O frio também deve ser intenso na Serra. Em Farroupilha, por exemplo, deve fazer 1°C, mas sem risco de geada.
— A geada ocorre a partir da combinação de frio e tempo aberto, condição que temos na Fronteira Oeste e na Campanha, mas não na Serra. Como há muita nebulosidade nessa região, não há chance de gear, mesmo com temperatura próxima de 0°C — explica a meteorologista da Somar Juliana Resende.
Na maioria das cidades gaúchas, a quarta-feira amanhece com temperatura abaixo de 5°C. À tarde, as marcas não devem chegar a 20°C, com exceção do norte do Estado, onde pode fazer 23°C. O sol deve aparecer em quase todo o Estado. Apenas no Litoral Norte pode ter chuva fraca e isolada devido aos ventos úmidos que sopram do mar.
Em Porto Alegre, a quarta-feira começa com sol e poucas nuvens e temperatura em torno de 8°C. À tarde, a nebulosidade aumenta, mas a máxima não ultrapassa 15°C. Na terça-feira, a Capital registrou mínima de 8,2°C e máxima de 16,8°C. 
— Por conta da massa de ar seco e frio que atua sobre o Rio Grande do Sul, podemos esperar tempo firme pelos próximos dias, mas também bastante frio. A temperatura aumenta gradualmente até o sábado, quando deve voltar a chover no Estado — afirma Juliana. (Fonte: Gaúcha ZH)

Comentários