Dois mortos após explosão: última vez que caldeira passou por manutenção foi há seis meses, diz delegado

A Polícia Civil já iniciou os trabalhos investigativos para saber o que causou a explosão da caldeira de um frigorifico, na manhã desta segunda-feira, em Taquara-RS, vitimando fatalmente dois funcionários e deixando três outros feridos levemente.
De acordo com o delegado Ivair Matos Santos, o inquérito policial já foi para ver se houve algum tipo de negligência, por exemplo, se houve falta de manutenção da caldeira. “Ouvi a proprietária e ela me disse que a última inspeção técnica ocorreu há seis meses”, informou o delegado que coordena a investigação.
A explosão ocorreu por volta das 7h30, no momento em que dois funcionários abasteciam com lenha a caldeira. Eles foram identificados pela Polícia Civil como sendo Roberto de Oliveira, 37 anos, e Alberto Strauss, 52.
O Frigorífico Marines Borges fica localizado no bairro Tucanos.(Fonte: Jornal o Diário)

Comentários