Cuidados na TPM

Em dias de TPM, parte das mulheres sofre com os sintomas provocados pela flutuação hormonal. 

Da “preguiça” incontrolável, passando por crises de choro e por desejos irresistíveis de atacar a geladeira, a tensão pré-menstrual ocorre de cinco a dez dias antes da menstruação e traz, consigo, um rebuliço na vida de milhões de mulheres.

No decorrer do ciclo feminino, a concentração de hormônios varia muito. Assim que termina a menstruação, tem início a produção de estrogênio, que atinge seu pico ao redor do 14º dia do ciclo, quando começa a cair e aumentar a produção de progesterona. Portanto, em cada dia do mês, a mulher tem um acúmulo de hormônios diferente do dia anterior e diferente do dia seguinte. Isso pode provocar mudanças de humor, especialmente durante a tensão pré-menstrual.

Os dias de TPM desaparecem logo que chega a menstruação, mas, até que isso aconteça, eles parecem intermináveis e muitas vezes sofridos. A intensidade de seus sintomas varia de mulher para mulher, assim como a sua duração. Dor e inchaço abdominal, seios sensíveis, enjoo, dor de cabeça ou enxaqueca, além de acne ou piora de problemas na pele, aparecem como indícios de que os dias de tensão pré-menstrual já chegaram. Mau humor, irritabilidade, angústia, depressão, ansiedade e baixa autoestima completam o pacote que costuma deixar as mulheres de cabelo em pé.

Para aliviar, atividade física regular, que diminui o cansaço e libera hormônios que dão uma sensação de prazer e bem-estar. 

A coordenadora da Saúde da Mulher do Ministério da Saúde, Esther Vilela, acredita que os cuidados durante o mês devem ser intensos para que a indisposição que chega com a TPM seja mais branda. “Quem não se cuida tem mais chance de sofrer com os sintomas da tensão pré-menstrual.” Segundo Esther explica na página da Internet do Ministério da Saúde, muitas vezes a TPM é uma retenção hídrica causada pelo excesso do hormônio progesterona associada a um estilo de vida. Por isso a importância de uma alimentação adequada, rica em verduras e legumes com grandes quantidades de magnésio e complexo B (principalmente B6 e B12).

 Alimentos que possuem muito sal devem ser evitados para que os sintomas da TPM não sejam tão trágicos, assim como cafeína, refrigerantes, álcool e carboidratos simples. (Fonte: Correio do Povo)

Comentários