Após domingo congelante, semana deve ser de sol e temperaturas mais altas no RS

Justamente na semana em que se inicia o inverno, o frio intenso deve perder força no Rio Grande do Sul. Após um fim de semana congelante – Porto Alegre registrou 2,6ºC e sensação térmica de - 0,2ºC na manhã deste domingo (17), a menor temperatura desde 2013, quando fez 1,3ºC –, os próximos dias devem ser de sol e temperatura mais amena.

Segundo a Somar Meteorologia, o tempo seco e gelado deve predominar na próxima semana em todo o Estado. As temperaturas começam baixas pela manhã e aumentam gradualmente ao longo do dia. À noite e de madrugada, os termômetros caem e devolvem a sensação de frio. Nos pontos de maior altitude, haverá condições para formação de geada.

Na segunda-feira (18), a previsão de máxima no Rio Grande do Sul é de 24ºC em Iraí, no Norte. A mínima, de 4ºC em São José dos Ausentes, na Serra, e em Uruguaiana, na Fronteira Oeste. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 10ºC e 18ºC.

Dia após dia, as temperaturas mínimas e máximas devem subir um ou dois graus até que, na quarta-feira, os termômetros comecem a bater, à tarde, os 25ºC – incluindo (em) Porto Alegre e Região Metropolitana. Para sexta-feira (22) e (no) sábado (23),  (que) há previsão de chuva fraca no Litoral, devido ao avanço da umidade trazida por ventos marítimos.

Neste ano, o inverno, que começa nesta quinta-feira (21) e se estende até 22 de setembro, deve ser um pouco mais frio e menos chuvoso do que a média, diz o meteorologista Gabriel Domingues. A primeira metade da estação, sobretudo entre o fim de julho e o início de agosto, deve concentrar a maior parte das chuvas, em menores acumulados.

Quanto à temperatura, os gaúchos devem sentir um pouco mais de frio, com média de temperatura levemente abaixo do normal. As ondas de frio devem se concentrar no fim da estação – mas a primeira delas deve aparecer entre o fim de junho e o início de julho.

— Teremos ondas de frio intensas e de curta duração, intercaladas com períodos mais amenos de temperaturas. O inverno será um pouquinho mais frio do que o normal — diz o meteorologista da Somar.(Fonte: Gaúcha ZH)

Comentários