Recém-nascido é encontrado morto em forro de casa em Constantina

Um fato que chamou a atenção da cidade de Constantina e que se espalha pela região, é o caso do cadáver de um recém-nascido que foi encontrado em cima de um forro de uma casa em um bairro da cidade de Constantina.

Rumores e a suspeita de que uma mulher estava grávida havia ganhado e matado seu filho rondava pela cidade de Constantina, sendo que com toda a repercussão pela comunidade a Polícia Civil resolveu investigar o caso chamando a mulher para prestar depoimento, onde a mesma disse aos policiais que havia colocado o feto no vaso e dado descarga. A partir daí os policiais foram até a residência verificar as circunstâncias, sendo de que também havia boatos de que a mãe havia enterrado a criança porém nada foi encontrado.

Após alguns dias o proprietário da residência com rumores de que esse feto deveria estar em algum lugar e que o filho da mulher comentou na escola sobre cheiro ruim na casa, o dono da residência foi até o local já que a mulher havia se mudado para a casa da mãe e não estava mais morando no local. Após uma vistoria o dono na casa, encontrou no forro uma caixa de papelão com roupas e no meio os restos mortais da criança.

A Brigada Militar e a Polícia Civil foram até o local onde comprovaram o caso acionando a funerária que encaminhou os restos ao IML de Palmeira das Missões para a necropsia, para ser possível saber se a criança foi colocada no local com ou sem vida.

A mulher no ano passado já havia escondido a gravides dando a luz em um estabelecimento comercial onde trabalhava. A mesma se encontra internada no Hospital de Jaboticaba com problemas psiquiátricos. Jornalismo Máxima FM

Comentários